Servidores do Judiciário Federal encerram greve

Postada em: 07-12-2009
Por: SYLVIO MICELLI
Categoria: NOTíCIAS DO FUNCIONALISMO
Servidores Do Judiciário Federal Encerram Greve Servidores do Judiciário Federal encerram greve

Depois de 12 dias de greve, os servidores da Justiça Federal do Piauí fizeram uma avaliação sobre o movimento diante da aprovação da revisão salarial pelo Supremo Tribunal Federal. De acordo com o site TV Canal 13, em assembleia, na sexta-feira (4/11), a categoria decidiu suspender as atividades de paralisação, mas afirma que ainda está mantido o estado de greve. Motivo: apesar de ter sido aprovada, a proposta ainda não foi encaminhada ao Congresso Nacional.

Na Bahia, os servidores do TRE, TRT e Justiça Federal, decidiram suspender a greve que teve início no dia 18 de novembro, mas mantêm o estado de greve. Ou seja, a qualquer momento a paralisação pode voltar.

A diretora de assuntos jurídicos do Sintrajufe (PI), Madalena Nunes, ressaltou pontos do projeto que foram modificados devido às reivindicações da categoria. No entanto, Madalena diz que é preciso continuar a discussão sobre vários aspectos, dentre eles, a grande diferença entre o salário de técnico e analista judiciário.

Os servidores criticaram a posição do Supremo Tribunal Federal ao não convidar a categoria para participar das discussões e da aprovação do projeto. O diretor Gilvan Santos avalia como positiva a manifestação dos servidores, mas reforça a ideia de que a categoria precisa estar alerta para o caso de haver demora no envio do projeto.

De acordo com o site iBahia, todas as datas de audiências que aconteceriam, na Bahia, durante a greve foram remarcadas. Os interessados receberão uma notificação em casa ou na empresa, no caso de ações trabalhistas.

O estado de greve é porque a proposta que foi aprovada não contempla as solicitações dos servidores, uma vez que está muito parecida com a proposta apresentada pelo CNJ e falta transparência nas negociações. Os servidores voltam às atividades, na segunda-feira (7/12), e há indicativo de nova assembleia no dia 10 de dezembro, às 13h, no TRE.

Em sua coluna nos jornal Folha de S. Paulo, deste domingo (6/12), o jornalista Elio Gaspari trata do assunto. Ele diz que "os ministros do Supremo Tribunal Federal mandaram ao Congresso um pedido de reajuste de até 56,5% para os servidores do Poder Judiciário. Entre outros motivos o aumento seria necessário para conter a migração de servidores da Justiça para outras carreiras. A fuga de mão de obra estaria entre 20% e 23%. Esse número não quer dizer nada. Nos últimos 23 anos a taxa de evasão do Supremo ficou na mesma faixa, entre 20% e 25%. Os ministros não deixaram a corte porque o dinheiro era pouco, pois se esse fosse o caso teriam abandonado o serviço público há décadas. Desde 1986 foram nomeados 20 ministros. Quatro foram-se embora antes da aposentadoria compulsória dos 70 anos: Célio Borja, Francisco Rezek (evadiu-se duas vezes), Nelson Jobim e Sepúlveda Pertence, que deixou o tribunal poucos meses antes de completar 70 anos. Pode-se somar a essa lista a ministra Ellen Gracie, que tentou migrar para a Corte de Haia e para a Organização Mundial do Comércio, sem sucesso".

Revista Consultor Jurídico


Design by FatorClick - Criação de sites | Desenvolvimento de Sites

Warning: Unknown: write failed: Disk quota exceeded (122) in Unknown on line 0

Warning: Unknown: Failed to write session data (files). Please verify that the current setting of session.save_path is correct (/var/cpanel/php/sessions/ea-php56) in Unknown on line 0